“O sonho encheu a noite. Extravasou pro meu dia. Encheu minha vida e é dele que eu vou viver. Porque sonho não morre” (Adélia Prado)

25 de fev de 2013

Você acredita em Astrologia?




... eu só acredito quando eles acertam...rsrs


Alguém publicou esse banner com a ‘revelação’ das características de cada signo no Facebook . Salvei a foto por que queria justamente falar sobre o que diz do signo de Leão: Fala na cara.

Brincadeiras à parte, a verdade, verdade mesmo, é que não acredito em nada dessa pseudociência originária da antiga Babilônia e Egito, que mais erra que do que acerta. Foi exatamente pensando nisso que fiquei intrigada.

O que será que o astrólogo quis dizer com esse 'fala na cara'?... Será que ele quis dizer que pessoas desse signo não mandam recados, dizem logo o que pensam sem rodeios? Ou será que ele quis dizer que os leoninos não falam por de trás das pessoas de forma traiçoeira...

Ainda nos meus devaneios, pensei ser apenas uma maneira de dizer que o leonino possui uma língua com vida própria, e que se manifesta mais rápida que o cérebro. Tipo assim: ele fala e pensa depois. E seria justamente por isso que nada mais ocorre a ele a não ser a verdade, pois não há tempo suficiente para elaborar uma mentira... A verdade, tal qual ela é: desnuda, bonita ou feia, que agrade ou desagrade...

Sou do signo de Leão, e estranhamente todas as alternativas acima batem com minha personalidade.

Não sei se isso é defeito ou qualidade, o que sei é que detesto meias-palavras, meias-verdades, insinuações, indiretas nas entrelinhas... Detesto quando alguém manipula o assunto, conduzindo-o por meandros confusos, fora do contexto só para dizer o que pensa.  Não tenho paciência com gente que se faz de insossa para dizer coisas ‘ao acaso’, maquiadas de ingenuidade.  Deveria, mas não consigo fingir que sou retarda mental e não estou entendendo nada. Chego a sentir urticária nessa hora! Me bate uma inveja danada dos que tem sangue frio, jogo de cintura... Ah, os políticos, eles são perfeitos nisso...

Como não sou política, não sou dada a embromações. Nada de muito trololó, vou direto ao assunto e solto o verbo. Analiso depois.

Péssimo isso, não?... Eu sei o quanto é, ninguém precisa me dizer. Não adianta vir com aquele papinho de que há maneiras e maneiras de se dizer verdades. Não aprendi essa lição quando era jovem, agora então...

Dizer uma mentirinha, ainda que traga benefícios, é uma coisa que me incomoda muito. A verdade ainda está lá arranhando a minha garganta e não desce. Então, eu me pergunto: por que não posso aceitar isso? Por que me obrigar a mentir para agradar outros se não minto nem em beneficio próprio?

Esse é um traço forte da minha personalidade, e sinceramente, não sei se quero mudar. Já quis muito, evitaria muitos aborrecimentos. Hoje penso que a obliquidade da flecha faz um rasgo maior. Prefiro lançar a reta de caminho mais curto.

Nossas ideias, valores e opiniões diferem do resto do mundo. Que maravilha isso!! É isso que nos torna pessoas únicas e especiais... Ma é isso também que dificulta os relacionamentos. Aceitar as diferenças é uma das coisas mais difíceis que enfrentamos, e não me excluo disso. É bastante difícil pra mim também. 

Até aqui nenhuma novidade, muito já se debateu sobre preconceito, bullings, etc., mas não abordo aqui as diferentes aparências físicas, e sim as diferentes características de personalidades, que muitas vezes também sofrem penalidade máxima.

Pelas barbas do profeta, como resolver isso, então??... Sinceramente não sei.

Também não sei quando posso usar de toda minha franqueza sem parecer ofensa.  O termo ‘mentira branca’ anda muito em moda para definir uma mentirinha inofensiva, necessária. Mas, gente, na boa, mentira é mentira e ponto final! E vicia. Esse é um dos motivos que faço até promessa para que não me peçam opiniões sobre coisas pessoais. Fujo disso como o diabo da cruz só para não ter que mentir para agradar.

A tragédia começa quando alguém, conhecedor da minha maldita mania de só falar a verdade, sugere que me perguntem coisas... ‘Pergunta pra Su que ela fala’... Putz! Odeio isso!!! rsrs

Bom mesmo é se esconder nas asas do silêncio. Ele é o coringa que salva o jogo. Pena que nem sempre consigo. Vou fazer o quê, mudar de signo?... Acho que não dá. Talvez eu deva cortar os pulsos... rsrs.

Andei trocando ideias com uma amiga sobre a pauta ‘escrever no blog’. Ela me disse que costuma pesquisar muito antes de escrever qualquer coisa. Eu não. Na grande maioria das vezes não faço nenhuma pesquisa. Tudo que escrevo vem do meu coração e do mais íntimo do meu ser, e sabem por quê?... Por que sinto uma baita necessidade de me mostrar sem disfarces, como realmente sou, por dentro e por fora. Por inteira e sem a máscara da ‘boa imagem’, tão em voga no mundo virtual.

Pelo menos uma coisa isso tem de bom: se eu disser que gosto de você, pode acreditar! Se eu te fizer um elogio, ah, meu amigo, minha amiga, pra mim você é DEZZZZZZZZ!!!!

14 comentários:

  1. Sueli, já te contei alguma vez porque cheguei em seu blog e "me abanquei"? Justamente por esse seu "falar na cara", sem rodeios, sem rasgação de seda, objetiva e direto ao ponto! Lembro de quanto me diverti com os primeiros textos que li, mandei o link para minha melhor amiga que devorou vários também (ela lê mas não comenta, diz que é apenas plateia na blogosfera rsrsrs). Relaciono essa característica a sua autenticidade: não veste disfarces, dispensa as máscaras. Poucos agem assim porque poucos tem a coragem de assumir quem realmente são...

    Reconheço que sua qualidade deve lhe render, em certas circunstâncias, uma saia-justa do tipo: pronto, falei! rsrsrs Mas, sinceramente, adoro estar perto de alguém que "pronto, já falou" do que de alguém cheio de lisonjas em minha presença, mas com uma língua ferina em minha ausência.

    Sobre o último parágrafo, levitei, me senti DEZ, viu! rsrsrs E é tão bom sentir o carinho de alguém que respira sinceridade, não ter qualquer dúvida de que seja qual for seu comentário e seu sentimento: veio do fundo do coração.

    Beijão pra você, leonina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzy, você não é 10, você é 1 + uma infinidade de zeros!! Quando eu crescer quero ser igual a você rsrs.

      Verdade, é preciso muita coragem para assumir a própria personalidade por que os defeitos sempre vêm junto, e esses, amiga, ninguém perdoa. Mais difícil ainda e dar a cara à tapa, ficar exposta, se mostrar por inteira sem disfarces ou artifícios... Saia justa? Bota justa nisso, nem dá pra imaginar!! rsrs

      Mas vou levando e sonhando que um dia eu consiga me tornar num ‘tamanho único’ que agrade a todos...

      Seus comentários sempre me emocionam, quase chorei com esse. Viu só, não sou tão durona assim... rsrs.

      Bjbjobjo!!!

      Excluir
  2. Oi Sueli, Bom dia!
    Também não acredito em astrologia, mas tenho que admitir, em relação as características de pessoas do signo de Leão, posso afirmar que o meu marido que é leonino é igualzinho a você quando tem que se expressar, fala na lata tudo o que tem que ser dito, as vezes me magoa, mas sei que é melhor ser autêntico e verdadeiro,assim como também você o é. Não muda nunca o seu jeito de ser franco para agradar quem quer que seja. Já me acostumei, e sei que é um ser humano maravilhoso, embora, a princípio pode assustar quem não o conheça. Voltando diretamente ao assunto de astrologia, conheço pessoas que não saem de casa sem consultar seu horóscopo. Eu não me prendo a isto não, mas acredito que para alguns seja como acreditar nas fases da lua, para cortar o cabelo, etc.
    Um grande abraço,
    Adorei a Crônica,
    E volto a agradecer a sua visita lá no expresso,fico muito honrada com suas palavras a meu respeito, que apenas sou uma aprendiz que ama escrever. Bjs. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Lourdinha... Você tocou no ‘X’ da questão! O maior problema que enfrento é justamente com aqueles que me conhecem apenas superficialmente. Os que me conhecem na intimidade me entendem e aprovam meu jeito de ser. Sabem que coloco a lealdade no patamar mais elevado no trato com as pessoas. Sinceridade acima de tudo, ainda que me estropie toda rsrsr

      Verdade que extrapolo às vezes, mas se por um deslize ‘enrolo’ pra dizer o que penso, me cobram com rigor... rsrs. É engraçado isso, pois acabo recebendo mais cobranças.

      Veja você, mantenho um ótimo casamento por mais de 38 anos, meus filhos são ‘grudados’ em mim, tenho dezenas de amigos, muitos desde a infância, minha mãe me ama... Não devo ser tão ruim assim... O culpado é o signo, minha amiga!! kkkkkkkkkkkkkkkk

      Quanto ao seu maridão, dê graças por tê-lo ao seu lado. Acredite, homens autênticos e verdadeiros estão em extinção, amiga. Parabéns a ele e a você por tê-lo encontrado! O fingimento é moda hoje em dia, claro, também em mulheres.

      Obrigada por vir aqui comentar uma crônica tão... tão... complexa rsrs. Adoro seus comentários e tudo que escreve no blog. Sempre que tenho um tempinho corro lá, e não preciso dizer que meus comentários são sinceros, né... rsrs. Simpatizei-me com você desde o primeiro momento.

      Também me considero amadora na 'escrivinhação', e pretendo continuar assim, sem grandes pretensões, para não acumular mais compromissos dos que já tenho...

      Bjobjo!! Fique com Deus.

      Excluir
  3. Kkk, Sueli, essa de acreditar ou não, é uma pergunta que vem há muitos anos e nunca consegui responder! Mas você matou a charada: quando dá certo, até acredito; quando não tem nada a ver, não acredito. Gostei dessa posição. É confortável para descartar logo a quem possa interessar, kkk.

    Olha, como geralmente as pessoas têm suas qualidades e defeitos limitados, elas se parecem em algum ponto. Elas se identificam, mas acho que não pelo signo. Mais pelo caráter. Tenho uma amiga que é do meu signo, e forço a barra, não tem nada a ver comigo. Outras, de signos bem diferentes, me dou demais. Eu conheço os Leoninos, guria, meus pais, os dois eram Leão!!! kkkk

    Quanto a ser verdadeira, muito franca, digo que sou muito, porém, ninguém pede tanta franqueza! Acho que muitas vezes vale mais ser 'generosa' do que muito franca! Há de se buscar um equilíbrio, um bom senso. Lidar com o ser humano é difícil, muitas vezes pensamos que, usando de toda a franqueza estaremos sendo grandes de espírito etc e tal.

    Muitas vezes eu fui franca demais e me arrependo. Feri a quem não queria em nome da minha verdade – que poderia estar equivocada. Então, tem caminhos alternativos sem sermos mentirosos ou 'sabonetes'.

    Você disse algo que vou guardar como sabedoria pra mim:
    “Bom mesmo é se esconder nas asas do silêncio. Ele é o coringa que salva o jogo.”
    Tem maior sabedoria do que essa sua frase? Até poesia tem... Quanta briga poderia ter sido evitada com parentes e amigos?
    Bela crônica, Su, você disse verdades e eu tirei proveito!
    Beijos e beijossss


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sério, vc tinha 2 Leões em casa? Feio o negócio, hem? rsrs. Aqui também tem 2 e vou te contar que é punk, viu...

      Olha, sinceramente não acho que franqueza possa ser confundida com falta de generosidade. Às vezes somos obrigados a ser francos justamente por generosidade. Tudo depende das circunstâncias...

      As pessoas pedem, sim, por franqueza, só não gostam de ouvi-la... Tens razão, lidar com o ser humano é complicado demaissssssss

      Vc está certa, aliás, certíssima quando diz que há de se buscar o equilíbrio e bom senso. Isso quer dizer que tenho mesmo que cortar os pulsos, né... rsrs. Brincadeirinha.

      Que pena que não acredita em astrologia, eu ia te contar o que diz o seu. rsrsrsrs

      Bjobjobjo! Valeu! Comentário tri!

      Excluir
  4. Gente isto aqui tá louco!! Nem comecei a escrever e apareceu seu comentário foi publicado. Vê se foi alguma coisa por favor.

    Bem acreditar em horóscopo para mim tem haver com a idade , com aquela coisa de prever namorado, ficar idealizando,kkk Agora para uma mulher com mais de 30 já é um pouco d+ para mim, rs,rs.

    Amei a crônica super beijo e abençoado final de semana. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Bella, passamos da idade...rsrs

      Bjos queira, obrigada pelo seu comentário!

      Excluir
  5. Também não acredito em signo e sou leonino. O sentimento faz a lingua do leonino sem trava e dispara a verdade ou a franqueza naquele momento. Gostei também dá idéia de que sendo direto assim não sobra tempo prá mentir, e mais ainda quando disse que obliquidade da flecha faz um rasgo maior. A flexa quando rasga em alguém também faz sofre o franco leonino, portanto é melhor que a flexa saia reta mesmo porque se causar algum estrago será menor do que seria a obliquidade da flexa atirada.

    Parabéns pelo texto e obrigado pela dica da mistura de cores.
    MIRO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "O sentimento faz a língua do leonino sem trava e dispara a verdade ou a franqueza naquele momento."
      É isso mesmo caro amigo Miro Cestaro!!... Só um leonino entende o outro rsrs.
      Sem contar que tem gente que só entende se formos francos e diretos, dizer na lata, sem rodeios...

      Eu que agradeço pelo seu comentário. Volte sempre!

      Grande abraço.

      Excluir
  6. Sueli, admiro tanto essa capacidade de "falar na cara", isso porque sou mais de ficar escondida nas asas, ah! esse meu maldito medo de ferir! Mas, acredite você, certamente, vai viver bem mais que eu, rsrs.
    Adorei o texto, como sempre! (Não estou falando só para agradar, é fato!)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Néia, que bom que pensa assim! Não imagina como fico feliz quando encontro alguém que me entende.Da mesma maneira que vc se cobra, eu também me cobro, ah! essa minha maldita mania de 'soltar' o verbo!! rsrs. É complicado dos dois jeitos, viu amiga... rsrs.

      Adoro ver vc aqui!

      Bjobjo.

      Excluir
  7. O título do teu blog resume isso, Sueli, e penso que exatamente por ser quem é, atrai quem admire as mesmas coisas e pense semelhante...
    De tudo que escreveu, me ocorreu apenas o que ouço muito no trabalho e na vida pessoal...nem é o que é dito, mas o "como" que faz a diferença...muitas vezes isso machuca mais do que as palavras, mas acho fundamental preservar a maneira de ser, tentando melhorar a pessoa que construímos enquanto vivemos...nossas imperfeições precisam dessa visão e clareza para termos a chance de melhorar...concordo plenamente, inclusive com a questão das características fazerem sentido, observados os critérios que somam aspectos lunares, astrais, signos ascendentes e coisas e tals...rsrs (pacote completo!)

    Que fique meu abraço e meu apreço, junto com a sensação boa de te ler - gosto muito da forma como trata os assuntos ditos "da vida"...visse??

    ResponderExcluir
  8. Ah, Denise, vc é igual a Suzy, doce como o mel! Quem me dera fosse apenas o favo... rsrs.

    É isso mesmo, não só o ‘modo’ como é dito, mas também o ‘tom’ pode mudar tudo... Saindo um pouco em defesa dos leoninos, portanto, em minha defesa (rsrs), manter o controle muitas vezes é impossível. Há pessoas que abusam da nossa paciência, quase clamam por uma resposta cortante! Minha paciência tem um limite e é bem curtinho, sabe... rsrs. Claro que não levo nada para o campo pessoal, detesto xingamentos, ‘nomes’, baixarias... Na verdade, minhas convicções são fortes, fundamentadas, e mudar de opinião é coisa difícil pra mim. Soma-se a isso que tenho uma facilidade incrível em dizer NÃO. Acho até que gosto mais do NÃO do que do SIM... rsrs.

    Meu marido sempre me pergunta: "Como vc consegue dizer NÃO 'na maior' e com um sorriso de orelha a orelha?" kkkkkkkkkkkk
    Sou um caso perdido, amiga! rsrs.

    Bjobjobjo!!! Obrigada pelo seu comentário, sempre vejo muita fraqueza em suas palavras. Isso me agrada e muito!

    ResponderExcluir

Sejam bem vindos! Sintam-se a vontade. Comentem, digam o que pensam. Podem rodar a baiana, só não cutuquem a onça com vara curta, ok?... rs